Portugal e os portuguesinhos

Portugal só há de sempre ser reconhecido no estrangeiro quando cá dentro começarmos a dar valor ao que temos! Metam isso na cabeça! Só quando tivermos a cultura suficiente para apoiarmos os nossos, é que poderemos dar trunfos lá fora!
O trabalho no futebol tá feito… vamos lá acordar e olhar para as outras áreas meus caros… E nós ainda vamos muito na cauda do mundo e da europa…
 
Já estou farto de não ter uma música a ganhar o festival eurovisão porque somos um país que não cuida da nossa música e não é capaz de a difundir (para não dizer que até temos medo da nossa música)… já estou farto de não ter um português a vencer o dakar porque não damos apoios suficientes (nem sequer sabemos o que é desporto pralém do tão malogrado futebol)… já estou farto de não ter uma empresa nacional a fazer exportações em quantidade quando nem sequer nós compramos o que é nosso para poder apoiar essa empresa…
 
e mais não digo…

Ahah! Nem de propósito!

Retirado de um blogue:
 

112

História Verídica passada na zona de Lisboa.

Um homem percebeu que havia pessoas dentro da sua
garagem, em Lisboa, a roubar. Ligou para o 112, atendeu a polícia, mas
disseram que não havia ninguém por perto para ajudar, que mandariam alguém
assim que possível. Desligou.
Uns minutos depois, ligou novamente e disse: "Olá, eu liguei há
bocado porque estavam pessoas a assaltar a minha garagem. Já não é preciso
virem depressa, porque eu matei-os".
Passado pouco tempo, estavam meia dúzia de carros da polícia na área,
uma ambulância e uma unidade do INEM. Os ladrões foram apanhados em
flagrante.
Um dos polícias disse: "Pensei que tivesse dito que os tinha morto!",
ao que o senhor respondeu: "Pensei que tinha dito que não havia ninguém
disponível."

É assim. Quando precisarem já sabem…

Assim não vamos lá

 
Numa altura em que os assaltos a ourivesarias se sucedem em Portugal e que temos uma justiça… ok e em que nem sequer justiça pública temos… como é que é possivel este casal efectuar esta queixa? Será que foi antes o próprio MP a efectuar a queixa? Isso sim, é o que me parece.
Vivemos num país do faz de conta, em que se defendem os ladrões e os criminosos. Alias… vivemos num país de criminosos. Se fosse nos Estados Unidos, o video teria saído para todas as televisões, com cara destapada, logo no dia seguinte, para se apanhar o ladrão…
 
Ah mas.. pois é, estamos em Portugal, o país onde só se multam carros mal estacionados…
 
Espero que esteja para breve uma mudança rápida… passe ou não ela por justiça do povo… senão, não sei onde vamos parar…

Titanic Exhibit

Finalmente, depois de tantos anos de espera, a exposição de artefactos que recria minimamente o ambiente do Titanic encontra-se em Portugal e logo em Lisboa, no Rossio! É uma oportunidade única de fazer uma verdadeira viagem no tempo!
 
Para quem gosta, é algo a não perder. Informação em http://www.titaniclisboa.com
 
Eu pra semana já lá vou!
 
Abraços!

O melhor amigo…

Até hoje pensava que a pior frase que podia ouvir de uma rapariga era: "Temos que falar…". Mas não! A pior frase de todas é: "Eu tambem gosto de ti… mas como amigo." Isto significa que para ela tu és o mais simpatico do mundo, aquele que melhor a compreende, o mais dedicado… mas nunca vai sair contigo.

Vai sair com um gajo nojento que apenas quer ir para a cama com ela. Aí sim, quando o outro lhe faça alguma das dele, ela chamar-te-á para pedir-te conselhos. É como se fosses a uma entrevista de trabalho e te dissessem: "Você é a pessoa ideal para o posto, tem o melhor curriculo, e o que está melhor preparado… mas não vamos contrata-lo. Vamos contratar um incompetente. Só lhe pedimos uma coisa, quando esse gajo fizer asneira, podemos chama-lo para tirar-nos da embrulhada em que ele nos meteu?"

Eu pergunto: o que é que fiz mal? Fomos ao cinema, rimo-nos, passamos horas em cafés… e depois de quantos cafés ficamos amigos de verdade? Depois de cinco? Seis? Com um café menos e tinha ido para a cama com ela!!

Para as mulheres, um amigo rege-se pelas mesmas normas de um Tampax: podem ir para a piscina com ele; podem montar a cavalo; dançar…, mas, a unica coisa que não podem fazer com ele é ter relacoes sexuais.

Ainda por cima, bem vistas as coisas… se para uma mulher considerar-te "seu amigo" consiste em arruinar a tua vida sexual, o que fará ela com os inimigos? A mim parece-me muito bem que sejamos amigos, o que não percebo é porquê é que não podemos "ir para a cama como amigos". Eu penso que a amizade entre homens e mulheres não existe, porque se existisse saber-se-ia.

O que acontece é que quando ela te diz que gosta de ti como amigo, para ela significa isso e ponto. Mas para ti nao. Para ti quer dizer que se numa noite estão na praia, ela já com uns copos, está lua cheia, os planetas estão alinhados e um meteorito ameaça a Terra… podias muito bem ir para a cama com ela!!

Por isso engoles… Por isso nunca perdes a esperanca. Ela sai com o Joe? Isso vai acabar. E quando isso acontecer, tu atacas com a técnica de consolador: "Não chores, o Joe era um chulo. Tu mereces muito melhor, alguém que te compreenda, alguém que esteja no sitio certo quando tu precisas, que seja baixito, que seja moreno, que não seja muito bonito, que se chame John…COMO EU!!"

Pelo menos, sendo amigo podes meter nojo para eliminar concorrencia. É a tecnica da "lagarta
nojenta". Quando ela te diz: – "Que simpatico é o Paul, não é?"
– "O Paul? É muito simpatico… so é pena ser um pouco estrábico."
– "Ele nao é estrábico, o que tem é um olhar muito ternurento."
– "Sim, tens razao. No outro dia reparei nisso quando olhava para a Marta."
– "Não estava a olhar para a Marta, estava a olhar para mim!"
– "Ves como é estrábico?"

O cúmulo dos cúmulos é o facto dela considerar ter uma relação "super especial" contigo quando pode dormir na mesma cama sem que se passe nada. COMO É QUE É??!! Então o "super especial" não seria que se passasse algo?!

Um dia depois de uma festa, tu ficas a ajuda-la a limpar, como fazes SEMPRE, e quando acabam ela diz:
– "UH! Que tarde. Porquê é que não ficas cá a dormir?"
– "E onde é que durmo?"
– "Na minha cama."

Aí, até te tremem as pernas. "Esta é a minha noite, alinharam-se os planetas!". Passados uns minutos, das-te conta que não são precisamente os planetas que se alinharam, porque ela, como são amigos,
com toda a confiança fica em roupa interior e tu, pelo que ves, pensas: "Vou ter que ficar de boxers. Com todo o alinhamento de planetas que tenho em cima…" E, assim que te metes na cama, dobras os joelhos para dissimular. Ela mete-se na cama, da-te uma palmada no rabo e diz-te: "Até amanhã". E poe-se a dormir! "COMO É QUE É??!! Como é que se pode por no ronco tão cedo? E esta fulana não reza nem nada?"

Estás na cama com a rapariga dos teus sonhos. No inicio nem te atreves a mexer, para não tocar em nada. Sabes que se nesse momento fizessem um concurso, ninguem te podia ganhar: és o gajo mais quente do mundo. E como é longa a noite! Vêm-te a cabeca um monte de perguntas: "Tocar uma mama com o ombro será de mau amigo? E se é a mama que toca em mim?" Mas depois de muitas horas, já
só fazes uma pergunta: "SEREI REALMENTE UM MANSO?!" Não podes acreditar que estas na mesma cama e não se vai passar nada. Confias que, a qualquer altura, ela vai dar a volta e dizer "Anda lorpa, que já sofreste bastante. Possui-me!" Mas não. Para as mulheres parece que nunca sofremos o suficiente. E como sofres… porque tens todo o sangue do corpo acumulado no mesmo sitio. Já houve mesmo casos de homens que rebentaram!

Mas ainda não acabou a tua humilhacao. As 7 da manhã tocam a campainha:
– "AH! É o Joe!"
– "O Joe? Mas ele não te tinha deixado?"
– "Depois conto-te tudo. Estou com pressa. Esqueci-me de dizer-te que o Joe ia trazer o cão. Como vamos a praia eu disse-lhe que ficando contigo o cão não podia estar em melhores mãos. Porque tu és um
amigo! UH?! Estás com má cara. Dormiste bem?"

E aí ficas tu com o cão, que esse sim é o melhor amigo do homem.

(Retirado da internet)

Carlos Paião

Carlos Paião disse: "Prefiro ser um bom músico a um mau médico".

Para que não esqueçamos este compositor extraordinário e esta pessoa maravilhosa venho aqui em mais uma das minhas "tertúlias" sobre os grandes autores portugueses. Acabou por ter uma carreira efémera, mas bem recheada. Carlos Paião "apareceu" para a música após ter ganho o primeiro concurso "mais a sério" onde tentou participar, o Festival da Canção, em 1981. Morreu em 88, mas em 7 anos de carreira conseguiu fazer algumas das músicas que mais marcam ainda os portugueses. Cobrindo vários tipos de canção, desde a mais romântica, à mais alegre e parodiante, considero-o um dos compositores de música ligeira mais versáteis que já tivemos. São dele a autoria de músicas como "Para as sogras que encontrei" ou "Canção do Beijinho" comumente cantadas pelo Herman.

Apesar de já conhecer e admirar o Carlos, houve um momento que me marcou e me trouxe a conhece-lo melhor. Foi há cerca de 3-4 anos, quando na RTP foi feito um concurso entitulado "A canção da minha vida" e onde saiu vencedora a carinhosa música "Cinderela" de Carlos Paião. Foi um momento que renovou a lembrança dos portugueses a este compositor tantas vezes esquecido. As palavras e a reacção dos pais do Carlos, que nunca me irei esquecer, assim o mostraram também. A comoção e a humildade daqueles pais que se via transparentemente que tinham imensa saudade do filho, mas que, acima de tudo, tinham imenso orgulho dele!

Carlos Paião, a saudade, fica o sorriso.

 

 

Letrismo:

Playback
Carlos Paiao
Composição: Carlos Paião
Podes não saber cantar,
Nem sequer assobiar
Com certeza que não vais desafinar
Em play-back, em play back, em play-back!

Só precisas de acertar,
Não tem nada que enganar,
E, assim mesmo, sem cantar vais encantar
Em play-back, em play back, em play-back!

Põe o microfone à frente,
Muito disfarçadamente,
Vai sorrindo, que é p’ra gente
Lá presente
Não notar!…

Em play-back tu és alguém
Mesmo afónico cantas bem…
Em play-back,
A fazer play-back
E viva o play-back
Hás-de sempre cantar bem.
Em play-back, respirar p’ra quê?
Quem não sabe também não vê…
Em play-back,
A fazer play-back
E viva o play-back
Dá p’ra toda uma soirée!..

Podes não saber cantar,
Nem sequer assobiar
Com certeza que não vais desafinar
Em play-back, em play back, em play-back!

Só precisas de acertar,
Não tem nada que enganar,
E, assim mesmo, sem cantar vais encantar
Em play-back, em play back, em play-back!
.
Abre a boca, fecha a boca
Não te enganes, não te esganes,
Vais Ter uma apoteose,
Põe-te em pose
P´ra agradar!…
Em play-back é que tu és bom,
A cantar sem fugir do tom…
Em play-back
A fazer play-back
E viva o play-back
Hás-de sempre cantar bem.
Com play-back até pedem bis:
Mas decerto, dirás feliz…
Em play-back
A fazer play-back
E viva o play-back
Agradeces e sorris

Podes não saber cantar,
Nem sequer assobiar
Com certeza que não vais desafinar
Em play-back, em play back, em play-back!

Só precisas de acertar,
Não tem nada que enganar,
E, assim mesmo, sem cantar vais encantar
Em play-back, em play back, em play-back!

Em play-back, em play back, em play-back!
Em play-back, em play back, em play-back!


 
Para recordar, já dizia ele em 1981. A letra fala por si!
 
 
 
Carlos Paião, um exemplo de dedicação!

Helder Rodrigues! O nosso campeão!

Pois é, não é só no futebol que somos dos melhores.

Acabou mais um dakar, e apesar de não termos o nosso melhor piloto de sempre no dakar (Carlos Sousa, 4º Lugar dos carros em 2003), continuámos a depositar as nossas esperanças com o nosso melhor motard. Helder Rodrigues conseguiu fazer outra vez o brilharete de terminar o dakar com o 5º lugar, o mesmo que o ano anterior! Note-se que é o primeiro classificado do dakar que não têm uma mota oficial, portanto é de louvar também o trabalho da equipa Lagos Sport.

Helder Rodrigues, és o maior! Estás de parabéns e para o ano, que venha o 4º ou mesmo o 3º Lugar!! 😀

 
Uma revelação foi ainda Paulo Gonçalves, que terminou em 10º Lugar. Um bem haja também aos outros excelentes pilotos portugueses que conseguiram terminar o dakar, que só por si é uma vitória e tanto! Bianchi Prata, Adélio Machado, Francisco Inocêncio, Campos Pereira, Pita e Leal dos Santos.
 
Portugal continua de parabéns no Dakar! 😀 Viva Portugal!